"O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença" Elie Wiesel

Midas: Tudo o que toca vira ouro

Midas era um rei completamente apaixonado por dinheiro e, apesar de milionário, queria Ter sempre mais para ser a criatura mais rica do planeta. Quando Baco lhe ofereceu a realização de algum desejo, como recompensa por ele Ter cuidado de um amigo, Midas pediu o poder de transformar em ouro tudo que tocasse. Baco percebeu que esse desejo significava a destruição de Midas, mas, como havia prometido realizar qualquer desejo, cumpriu a palavra.
Midas voltou ao seu reino e resolveu testar se realmente havia ganhado esse poder. Durante a viagem, tocou uma pedra e imediatamente ela se transformou em uma enorme pepita de ouro. Logo adiante encontrou um galho de árvore e, ao segurá-lo, percebeu que ele se transformara em galho de ouro.. Tudo que ele tocava virava ouro. Não demorou perceber que poderia ser o homem mais rico da Terra. Seus cavaleiros ficaram sobrecarregados de tanto transportar ouro.
Chegando ao palácio, mandou servir um jantar delicioso, com todo o requinte. Então levou um choque. A realidade mostrou-se cruel. Todo alimento que seus lábios tocavam virava ouro. O pão transformava-se em ouro, assim como qualquer alimento. E, para seu desespero, a água que quis beber, quando tocada por seus lábios, também se transformou em ouro. Percebeu, então, toda a loucura do desejo. Não conseguia mais se alimentar, não poderia dormir em um leito macio nem tomar banho em uma banheira cheia de água morna. O rei midas voltou a procurar o Baco e pediu-lhe que tirasse dele esse poder. Baco orientou-o para que lavasse nas águas do rio Pactoros e, com efeito, depois de Ter tomado banho naquele rio, ele perdeu o poder de transformar tudo em ouro. A consciência dessa transformação fez com que Midas abandonasse sua ambição material e passasse a viver de maneira mais simples e afetiva.